Palavra do presidente

Vivemos um momento que mais parece uma obra de ficção. Uma experiência de transformação, nos mais diferentes âmbitos, que tem nos levados a uma constante renovação, seja na maneira de estudar, comprar e até mesmo sobre como nos relacionamos. O novo coronavirus continua assustando, mas entendemos como enfrentá-lo e também aprendemos que o olhar deve focar no futuro e em todas as suas possibilidades.

Podemos ser otimistas, já que o mercado reagiu e vem absorvendo toda a produção de leite a preços compatíveis com os custos de produção. Mesmo assim, é preciso reforçar, esse cenário de pandemia ainda não tem previsão para acabar, o que mantém o compromisso de todos com o segmento e como superar quaisquer obstáculos.

Temos muitos desafios e, como um dos mais importantes sindicatos do nosso estado, considerado a maior bacia leiteira do Brasil, seguiremos monitorando cada movimento e contribuindo com esse setor tão significativo para a economia nacional.

Continuaremos com nossos esforços para fortalecer o setor e o desempenho dos laticínios mineiros no país. Com o apoio dos nossos parceiros, trabalhamos para que Minas continue batendo os seus recordes de produção e seja reconhecido pela qualidade do seu leite.

Conte conosco!

Guilherme Abrantes

Guilherme Silva Costa Abrantes

Presidente do Silemg